Como cloud computing vai afetar as suites de escritório

Um dias destes, em mais uma das minhas apresentações sobre Cloud Computing, surgiu uma pergunta bem interessante. Me foi indagado se eu achava se no futuro ainda haveria espaço para suites de escritório nos moldes tradiconais, a lá PC…

 Bem, embora a suite Office tenha se tornado padrão de fato do ambiente de produtividade de escritórios, o surgimento de alternativas baseadas em cloud, como o Google Applications e o Zoho abre uma nova e viável alternativa em contraponto ao modelo tradicional de suites de escritório.  

 A principal mudança é a mudança de conceitos. O modelo tradicional de suites de escritório surgiu no contexto do computador pessoal, onde o trabalho era individualizado e as trocas de documentos efetuadas por email. Aliás, no início a troca de arquivos era por disquetes…lembram?

 O PC era o centro do universo e as premissas de criação da suite de escritório eram que elas poderiam (e geralmente era o caso) funcionar de forma independente, em offline, sem necessidade de conexão à Internet. O modelo de computação pessoal não foi criado com colaboração em mente  e portanto tarefas como sincronismo de versões de documentos nunca foram seu forte.

 O modelo de cloud, por outro lado,  está alinhado com a visão do trabalho colaborativo. Este modelo demanda uma intensa troca de idéias entre os envolvidos na criação e atualização dos documentos, o que não era enfatizado no modelo anterior. O compartilhamento dos documentos está no cerne de sua proposta.

 Claro que uma comparação direta entre as ofertas de suites em cloud com o Office vai mostrar que o Office tem mais funções, embora a maioria delas seja dispensável para a imensa maioria dos seus usuários. As alternativas em cloud são, por sua vez, “good enough”, o que significa, na prática, que atendem a maior parte das necessidades de um usuário típico.  O modelo em cloud também cria uma maior independência de equipamentos. O acesso ao documento pode ser feito por qualquer dispositivo, via browser. Ou seja, posso criá-lo no meu notebook e acessá-lo via um smartphone, um thin-client PC ou por qualquer outro notebook. O documento não reside no disco rígido do computador onde foi criado. E o documento acessado é sempre a ultima versão. Não exisem problemas de sincronismos e conciliação de versões, como no modelo de PCs.

 As proposições de valor são diferentes. O modelo atual tem como proposta de valor sua riqueza funcional, que permite criar documentos sofisticadíssimos. Claro que existe um preço para isso! Entretanto, na minha opinião, esta riqueza funcional caracteriza fundamentalmente um excesso de capacidade, ou seja, extrapola a necessidade da maioria dos seus usuários.

 O modelo de suites em cloud (nuvem) oferecem uma proposta diferente, baseada em menos funcionalidades (pelo menos por enquanto…) e concentrada em colaboração e compartilhamento de documentos.

 E voltando a pergunta inicial… Na minha opinião, ao longo dos próximos anos veremos a convivência de ambos o modelos, mas também assistiremos a um lento declínio do modelo tradicional de suites, ampliando-se o uso das alternativas em cloud.

2 Respostas to “Como cloud computing vai afetar as suites de escritório”

  1. Marcos A. Silva Says:

    Achei a resposta um tanto confusa. Veja bem, Tenho um sistema completo em cloud, onde é possível acessar por exemplo, o OpenOffice e também o MS Office. Os aplicativos das suites de escritório não mudam em absolutamente nada, caso contrário a resistencia dos usuários já acostumados e até “viciados” nestas ferramentas, inviabilizaria o conceito. A grande diferença está na forma como os gestores de áreas , e não de TI, estabelecerão os compartilhamentos dentro da empresa. Exemplo: o depto de RH pode não querer compartilhar informações sobre folha de Pagamento, mas pode perfeitamente liberar o acesso das informações sobre Treinamento e Desenvolvimento para a empresa toda. Isso é possível no meu sistema em cloud computing. As suites de escritório fazem parte do pacote básico de um sistema de cloud computing completo, e não vejo porque as empresas deixem de liberar tais ferramentas para seus funcionários. cloud agrega sim várias facilidades na forma de acesso, processamento, armazenamento, disponibilidade, segurança (qdo bem estruturada) e reduz custos drasticamente. Visite meu site ou me contate. Terei o maior prazer um continuar esta conversa.

  2. ctaurion Says:

    Oi Marcos, desculpe a demora em responder…Muitas viagens…Mas, veja, nao estou dizendo que suites nativas do cloud devam ser inferiores. Falo que hoje elas nao atendem a 100% do que o Office faz, mas nada impedem (e espero que rapidamente isto aconteça), que atendam a tudo que precisamos, incluisve eliminando bugigangas desbnecessárias. Mas vamos sim, continuar as conversas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: